domingo, 3 de agosto de 2008

Frustrante

A frustração bateu na porta dos torcedores de Felipe Massa neste domingo pela manhã. Largando de forma espetacular com muito agressividade e ousadia, Massa colocou no lado de fora da pista, travou as rodas, dividiu a curva com Hamilton e pulou para o primeiro lugar. Daí em diante administrou a corrida e caminhava a passos largos para a vitória, mas faltando apenas três voltas para terminar, o motor de sua Ferrari não aguentou e acabou estourando. Uma grande injustiça com o brasileiro que fez tudo certinho durante a prova e estava voltando para a liderança do campeonato. Agora são oito pontos do líder, mas ainda não tem nada definido. Triste para os torcedores e muito mais para o piloto que trabalhou duro em busca do melhor resultado, mas as coisas são assim mesmo.

Com os acontecimentos de Hungaroring, o fraco piloto da McLaren Heikki Kovalainen "ganhou" a primeira vitória de sua carreira. Não fez nada de mais durante toda a corrida, perdeu a segunda posição para Massa na largada e venceu a corrida. Nem sempre os melhores vencem, é aí que está a graça do esporte.

Em um final de semana incrível, o piloto da Toyota Timo Glock subiu no pódio pela primeira vez em sua carreira com a segunda colocação neste GP da Hungria. Após conseguir uma bela colocação no grid de largada, Glock andou bem durante toda a corrida e ainda segurou a pressão do finlandês Kimi Raikkonen que vinha logo atrás. Pódio mais que merecido para o alemão da equipe Toyota.

Diante de tudo o que aconteceu nesta prova o grande beneficiado foi Kimi Raikkonen. O piloto da Ferrari largou em sexto, caiu para sétimo e vinha brigando no pelotão intermediário. Na parte final da corrida, após as paradas nos boxes, Kimi ganhou algumas posições e foi presenteado com um terceiro lugar. Bom para o finlandês que está mais vivo do que nunca no campeonato.

Finalmente o espanhol Fernando Alonso fez uma corrida consistente, pois estava devendo uma faz tempo. Andou bem durante todo a prova conquistando assim um grande quarto lugar com sua Renault. Esperamos que Alonso não volte a querer andar mais que o carro e cometa aqueles erros bobos que vinha cometendo.

Depois de um pneu furado quando estava em segundo, Lewis Hamilton também acabou saindo no lucro com a quinta colocação ao final da prova. Todos imaginavam que Hamilton já tinha a corrida em suas mãos, mas foi surpreendido na largada e perdeu o primeiro posto. O problema com o pneu de sua McLaren tirou as possibilidades de vitória e pódio. Com os resultados finais da corrida o inglês ainda assim manteve a liderança do campeonato.

Nelsinho Piquet mostou mais uma vez que está em um ótimo momento chegando na sexta colocação. O brasileiro pilotou bem e mostrou personalidade quando deu um "chega pra lá" no experiente Trulli. Mais um grande resultado do piloto da Renault que tenta se firmar na Fórmula 1.

O italiano Jarno Trulli, da Toyota, chegou no sétimo lugar e acumulou mais alguns pontinhos para sua equipe. Robert Kubica, da BMW Sauber, obteve a oitava colocação e completou os oito primeiros da corrida.

Rubens Barrichello vinha fazendo uma boa prova, mas um problema em seu reabastecimento compreometeu toda sua corrida. Rubinho chegou apenas em décimo sexto lugar.

O GP da Hungria foi dolorida para Massa que caminha para a vitória, mas a vida é assim mesmo. Ainda está tudo em aberto e Felipe pode muito bem se recuperar durante as provas restantes. Bom para Hamilton e Raikkonen que abriram em relação ao brasileiro. Teremos um intervalo de vinte dias até o GP da Europa, tempo suficiente para as equipes se prepararem.

Corrida
Abraços!

Leandro Montianele

12 comentários:

Deyvison - Loucos por F1 disse...

Fantástica corrida do Felipe!

Mas, para minha felicidade, como todos que frequentam o Blog sabem, sou torcedor da equipe inglesa, o saldo do fim de semana foi extremamente positivo!

Olho vivo no Kimi! Assim como no ano passado, ele só vem "pelas beiradas" e chega forte no fim do ano!

Abraços

Deyvison Nascimento

Leandrus disse...

É, foi decepcionante mesmo o que aconteceu com o Massa, ainda mais numa época que as quebras não sem mais tão comuns. Paciência, o brasileiro já esteve atrás no campeonato e ainda pode se recuperar.

Só não concordo com o que vc disse do Kovalainen. Ainda falta um ritmo de corrida melhor ao finlandês, mas ele tem sido atingido por inúmeros problemas nesta temporada. Se não é dos melhores, tb não chega a ser fraco.

Ateh!

Daniel Leite disse...

O pior para Massa talvez tenha sido ver Raikkonen, que tem feito corridas extremamente burocráticas, ganhar um terceiro lugar dos céus e assumir a ponta na briga interna da Ferrari. Mas os três primeiros estão totalmente vivos na temporada, claramente.

Até mais!

Felipe Maciel disse...

É impressionante como o Kimi sempre dá um jeito de chegar bem mesmo nas piores corridas dele.

Que largada do Felipe... Ele andou num ritmo fortíssimo a corrida toda, mereceu a vitória. Coisas de corridas...

Marcelonso disse...

Grande Leandro,

Frustante,esse é o termo que define bem a situação de Massa com o estouro do motor.

Fez tudo certo,uma corrida impecável,sem chance para os adversários,até que booommm!!!!

Agora é levantar a cabeça,sacudir a poeira e pensar na próxima.

O vento pode virar.


abraço


ah! Já mandei a tabela do Bolão atualizada.E Marcelonso vem passando dois a cada etapa,Deyvison que se cuide.

Marcos Antônio Filho disse...

A corrid aof iincrível do Felipe,pena que o motor Ferrari o traiu faltando apenas 3 voltas pra terminar...Agora é reagir pra as outras provas do campeonato!Sou anti-Ferrarista,mas torci pro massa hoje.Paradoxo né?

abraços!

Leandro Montianele disse...

Foi frustrante ver o motor do Massa estourar faltando três voltas, uma tremenda injustiça com o brasileiro.

Marcão, também sou anti-ferrarista, mas torço para o Massa. Minha equipe é a McLaren!!hehe

Abraços!

Leandro Montianele

GiglioF1 disse...

Leandro,

Boa análise e belos " shots".

Concordo com Leandrus em parte, heiki nao empolga mas pode sempre beliscar algo...Sua grande virtude ontem foi terminar.
Kimi come sim pelas beiradas ,mas a diferenca é que tem um Massa mais forte este ano...se a disputa chegar ao Brasil..nao terá presentes!!!
Abraco!!

M3 (Mauro M. Mansilla) disse...

Querido amigo, estoy muy dolido por la victoria q se le escapó a Felipe. Había hecho un carreron digno de los campeones que hacen sentir su fortaleza desde la largada. Saludos amigos de todo Brasil.

Sobre o Futebol Carioca disse...

o felipe fez um grande corrida.

mas o motor, putssssss.....

Daniel Leite disse...

Valeu, Leandro, pelos comentários no meu blog.

Vou pensar, é claro, na sua sugestão (muito boa, por sinal). Talvez possa escrever algo posteriormente.

Abraço!

Daniel Médici disse...

Pelo menos o Massa ganhou respeito, e isso não se mede pelo número de vitórias que um piloto conquista...