sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Villeneuve vs Schumacher 1997 - Grandes Momentos

O campeonato de 1997 teve como protagonistas os pilotos Michael Schumacher, da Ferrari, e Jacques Villeneuve, da Williams. Não havia nenhum outro concorrente que viesse a atrapalhar a disputa entre os dois. O alemão tentava seu terceiro título mundial enquanto o canadense buscava o inédito triunfo para a família, já que seu pai não conseguiu tal feito.

Schumacher e Villeneuve chegaram na última etapa, o Grande Prêmio da Europa, disputado em Jerez de la Frontera, separados por apenas um ponto e com vantagem para o alemão. No treino classificatório, Jacques, Michael e Frentzen fazem o mesmo tempo, algo inédito na categoria, mas a pole fica com o canadense.

Após uma largada ruim de Villeneuve, a Ferrari assume a ponta da corrida com a Williams vindo logo atrás numa perseguição implacável. Já na parte final da corrida, Jacques Villeneuve se aproxima de Schumacher, decidido em ultrapassá-lo ele coloca seu FW19 por dentro da curva para assumir o primeiro lugar da corrida. Mas no maior estilo Dick Vigarista, Michael Schumacher joga seu carro para cima do canadense tentando tirar ambos da prova, o que lhe daria o título. No final quem se deu mal foi o alemão que acabou abandonando.

Preocupado com a colisão, Villeneuve diminui o ritimo, as McLarens de Hakkinen e Coulthard o ultrapassam, ele chega em terceiro e se sagra campeão pela primeira vez na Fórmula 1. A Williams conquista pelo segundo ano consecutivo o campeonato de Construtores e Pilotos.

Schumacher teve todos seus pontos excluídos pela atitude vigarista, mas não retiraram suas vitórias e os pontos da Ferrari no Mundial de Construtores. Meio estranha essa decisão.

Abaixo segue o video do "chega pra lá" do alemão para cima de Jacques Villeneuve. Como diria meu amigo Marcos Antônio, do Blog GP Séries: "Esse FW19 era indestrutível."

video

Fontes: Os arquivos da Fórmula 1
http://pt.wikipedia.org/wiki/Temporada_de_F%C3%B3rmula_1_de_1997
http://4rodinhas.blogspot.com/2009/02/william-fw19-jacques-villenueve-1997.html

Abraços!

Leandro Montianele

O Loucos por F-1 retorna somente após o carnaval. Bom feriado para todos!

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Bruno Senna, será ?

Nas últimas semanas tem se especulado muito quanto ao que Bruno Senna fará neste ano. São várias notícias rolando soltas e por enquanto nada de concreto sobre o futuro do piloto foi confirmado. Muito se fala em um possível rotorno da Honda, que depende de um bom suporte financeira para voltar.

Fico me perguntando se seria bom negócio para Bruno entrar numa equipe de Fórmula 1 que nem carro ainda tem, sendo que falta pouco mais de um mês para o início da temporada. Será que o piloto teria estrutura psicológica para andar todo ano no fundo do grid, tomando tempo da Force India? Porque se a Honda voltar é bem provável que isso aconteça.

Mas existe um ponto positivo também, pois Senna poderia conseguir uma boa rodagem na categoria e assim amadurecer para quem sabe no próximo ano chegar a uma escuderia melhor. Como ele mesmo disse: "É melhor estrear na Fórmula 1 nessas condições difíceis do que ficar de fora."

Me parece que o garoto tem total consciência das dificuldades que irá enfrentar, mas somente lá dentro é que ele terá as dimensões reais do que lhe aguarda. Muitos já dizem que as negociações estão quase fechadas e o anúncio virá em breve. Resta aguardar e torcer para que Bruno Senna se dê bem na Fórmula 1.

Leandro Montianele

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Senna Tricampeão - Grandes Momentos

Na temporada de 1991 a Williams voltava a ter um grande carro e consequentemente disputava o título mundial com a McLaren, campeã durante três anos consecutivos, tanto com pilotos como construtores. Era uma hegemonia tentando ser quebrada por Frank Williams, Nigel Mansell e Riccardo Patrese.

O dominio da temporada estava por conta de Senna e Mansell, mas ainda com vantagem para o brasileiro que venceu as quatro primeiras corridas e manteve uma maior regularidade. A supremacia deles era tão grande que dos dezesseis Grandes Prêmios disputados, Ayrton venceu sete vezes contra seis do Leão.

Eles chegaram em Suzuka, no Japão, com Senna podendo conquistar o título com uma corrida de antecipação. A McLaren estava disposta em dicidir tudo no circuito japonês e com isso conseguiu colocar seus carros nas duas primeiras posições, Berger como a pole seguido por Ayrton em segundo. O trabalho de Mansell ficou ainda mais complicado, pois largava do terceiro lugar.

Foi dada a largada e Gerhard Berger logo foi se distanciando dos dois pilotos que brigavam pelo campeonato. A Leão vinha pressionando Ayrton para tentar a ultrapassagem e continuar vivo na disputa, mas no início da décima volta numa tentativa desesperada, o inglês perde o controle de sua Williams e vai direto para a caixa de brita, colocando um ponto final na briga pelo título.

Depois disso foi uma corrida particular da escuderia McLaren. Senna ultrapassou Berger na décima oitava volta e estava rumo a mais uma vitória, mas veio uma ordem da equipe para que o brasileiro cedesse o primeiro lugar ao austríaco. Na última curva o campeão deixa Gerhard Berger passar e vencer sua primeira prova na equipe. Ayrton Senna faz a festa pelo tricampeonato e a McLaren conquista pela quarta vez seguida o título de pilotos e construtores.

Abaixo, deixo um video com o registro dos metros finais do Grande Prêmio do Japão de 1991 narrado pelo entusiasmado Galvão Bueno.

video

Leandro Montianele

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Um prêmio

O Loucos por F-1 teve a honra de ser um dos blogs premiados pelas meninas do Octeto Racing Team. Recebemos este simpático selinho e temos a missão de indicar outros quinze blogs para serem contemplados com o prêmio. Segue abaixo nossas indicações.

Por Dentro do Mundo da Bola - Daniel Leite possui um ótimo blog jornalístico sobre futebol e NBA, tendo como principal característica a imparcialidade em suas belas matérias e comentários.

Blog do Marcelo F1 - No próprio blog já diz que é sobre Fórmula 1 e tudo mais que pintar. Tetra campeão Itajaiense de GP4 e conhecido nas pistas virtuais como Marcelonso.

Leandrus
- Meu xará, carioca, torcedor do Flamengo e fã de Ayrton Senna escreve sobre futebol e Fórmula 1 em seu espaço.

Blog Indy Car World Series - Jackson descreve em seu blog grandes histórias e curiosidades da Fórmula Indy.

Blog da Fórmula Indy - O piloto virtual Paulo Maeda possui um rico conteúdo informativa sobre a Indy e conta um pouco de suas aventuras pelos circuitos virtuais.

Motorizado
- Informações de qualidade e com detalhes sobre automoblismo, descritas pelo Ylan Marcel.

Net Esportes - Um ótimo blog que acompanha os principais acontecimentos esportivos do mundo. Todo tipo de modalidade esportiva tem lugar neste espaço.

Blog do Ribeiro - O colecionador de miniaturas Alexandre Ribeiro descreve belas histórias antigas da Fórmula 1 em seu blog.

Galaxia F1 - Informações sobre várias categorias do automobilismo, direto de Portugal pelo torcedor do Raikkonen e benfiquista Kimi_Cris.

GP Séries
- Marcos Antônio é fã da Williams e arrasa com suas espetaculares charges humoristicas da Fórmula 1.

Blog do Groo - Nem preciso comentar, despensa apresentações. Vale muito a pena ler o "Quando inventaram as corridas..." postado dias atrás.

Rola Blog - Breiller Pires tem em seu blog um enfoque ligado ao marketing esportivo, possuindo um conteúdo diferenciado e de qualidade.

BlogSport - Com matérias de alta qualidade, Felipão descreve todos os detalhes do mundo da categoria máxima do automobilismo.

Fórmula Uno a lo Camba - Dr. Luis Marcelo é um fã da BMW Sauber e do Polonês Voador, Robert Kubica.

De Olho na Fórmula 1 - Como o nome mesmo diz, Fábio está o tempo todo de olho nos acontecimentos da Fórmula 1.

Estão aí os quinze escolhidos pelo Loucos por F-1.

Abraços!

Leandro Montianele

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Fórmula 1 - Caça-níqueis?


Boa tarde amigos do Loucos por F1!

Hoje pela manhã, lendo notícias sobre a categoria no site Amigos da Velocidade, do jornalista Téo José, encontrei a informação que os organizadores do GP da Turquia estão temerosos quanto ao futuro do Grande Prêmio, pois, Bernie Ecclestone já passou o controle do autódromo para a Câmara de Comércio de Istambul e ainda não foram iniciadas negociações para renovação do contrato, que vai até 2011.

Os organizadores acrescentam que existem outros concorrentes para sediar um GP da categoria, o que poderia atraplahar os planos de continuidade da etapa turca. Este oponentes são Bulgária, Coréia do Sul, África do Sul e Rússia, que, segundo o entrevistado, já está construindo seu circuito.

Pois bem, há algum tempo venho enxergando na categoria sob a tutela de Bernie, um comportamento à la Jack Sparrow e Capitão Barbosa, de Piratas do Caribe. Um mero caçador de tesouros, em busca de novos mercados para a categoria. Ok. Compreendo que a categoria é um negócio como outro qualquer e, no mundo em que vivemos, deve-se buscar cada vez mais o lucro em toda e qualquer atividade que se desenvolva para este fim. Mas, o que assusta é, o que será que estes quatro países que tentam sediar uma etapa têm para acrescentar à categoria como esporte? Lembro que a África do Sul já sediou etapas do Mundial, sendo lá inclusive, que o gênio Ayrton Senna conseguiu seu primeiro ponto, à bordo de uma Toleman-Hart, que fez toda a corrida sem parar nos boxes. Mas, era outro tempo da categoria.

Mas, mesmo o país africano já tendo sediado uma etapa, qual é, hoje, um atrativo para o público assistir uma corrida da Fórmula 1 em seu terra natal? Será que desbravar mares bravios como Bulgária e Coréia do Sul não serão trabalhos malfadados como foram as tentativas de emplacar a F1 nos Estados Unidos com aquele circuito a meu ver, estranho, em Indianápolis?

A entrada da Índia no calendário já me deixa apreensivo quando tento olhar pelo lado esportivo da situação. Qual foi o último piloto indiano na categoria? Narain Karthikeyan! Isso mesmo! Um piloto que só é lembrado por fãs realmente fiéis da categoria. Não acredito que será um atrativo para as pessoas irem ao autódromo o fato de a categoria ter a elite do automobilismo mundial. Desculpem-me minha ignorância neste ponto, mas, será que o automoblismo na Índia é tão forte como é no Brasil, por exemplo?

Como todos que frequentam o Blog já sabem, sou nostálgico quanto à categoria, defendo acima de tudo o interesse dos torcedores da Fórmula 1, dos amantes do esporte. Temo muito que estas decisões mercadológicas do chefão Bernie possam prejudicar e muito as tradições e a história da categoria. O que resta é aguardar e esperar que a categoria tenha sempre bom senso e possa preservar para nós, os Loucos por F1, as tradições e honrarias que nos fizeram ser seguidores fiéis do esporte.

Grande abraço.

Deyvison Nascimento

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Esse é o Nelsinho Piquet que conhecemos!


Normalmente não costumo fazer isso, mas encontrei este video no Blog Motorizado, do Ylan Marcel, onde mostra o momento exato que o "grande" Nelsinho Piquet roda em plena volta de apresentação do Grande Prêmio de Cingapura. O piloto da Renault buscava um melhor aquecimento dos pneus, forçou demais e deu uma giradinha básica para não perder o costume.

Este é apenas um dos muitos momentos "meia roda" vividos por Nelsinho "Braço Duro" Piquet na temporada 2008 da Fórmula 1. Neste ano acho que será complicado para ele novamente, pois tudo é novo e a pouca experiência dele pode fazer diferença na pista.

Pelo jeito o veremos na Stock Car ou na Fórmula Truck em 2010, se tiver vaga... rsrsrs.

Abraços!

Leandro Montianele
video

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Em busca do primeiro lugar


A temporada de 2008 da Fórmula 1 teve como grande sensação a equipe BMW Sauber que inclusive venceu pela primeira vez em sua recente história. A escuderia teve a bordo de seu carro um rápido e motivado Robert Kubica que também obteve seu primeiro triunfo na categoria. O terceiro lugar no Mundial de Construtores foi apenas uma consequência do bom trabalho desenvolvido ao longo do ano.

Segundo o chefe de equipe Mario Theissen, todo este progresso estava dentro do planejado. Chegamos na temporada de 2009 e a BMW Sauber sonha em galgar lugares mais ambiciosos, como o título de pilotos e construtores. Tarefa difícil, mas nada impossível para esta escuderia que já mostrou ser muito competente.

O primeiro passo dado foi o lançamento do novo carro, seguido de vários testes que deixaram aparentemente todos satisfeitos. Num primeiro instante parece um carro muito equilibrado que não apresentou problemas mecânicos, como Renault, McLaren e Toyota. Este ponto é positivo e de extrema importância, já que as quebras tem sido frequentes

A equipe parece ter todos os ingrediente nas mãos para chegar ao título, um bom carro, pilotos motivados e ambição de conquista. Theissen já deixou claro publicamente que a principal meta desse ano é tornar a BMW Sauber a número 1. O Polonês Voador já mostrou que tem condições para tal feito e Heidfeld, mesmo sem nunca ter vencido, se diz confiante.

Será que teremos a combinação piloto/equipe campeões inéditos na temporada 2009? Se tomarmos como base o campeonato passado, creio que sim. Mas somente a partir de 29 de março é que saberemos ao certo.

Abraços!

Leandro Montianele