domingo, 22 de junho de 2008

Vitória e liderança

É emocionante acordar no domigo pela manhã e ouvir o tema da vitória ao final de um GP da França, ver a bandeira brasileira no lugar mais alto do pódio e ter o piloto brazuca liderando um campeonato mundial após 15 anos. Felipe Massa se torna o segundo piloto brasileiro a triunfar na França, quebrando um jejum de 23 anos.

Esta era uma corrida que já previa um domínio total das Ferraris e tinha tudo para ser uma monotonia absoluta, mas não foi bem isso que aconteceu. Por incrível que pareça Magny-Cours foi o palco de grande pegas envolvendo principalmente Hamilton, Piquet, Trulli e Kovalainen.

O finlandês Kimi Raikkonen manteve a liderança após a largada, virava mais rápido que Felipe e caminhava a passos largos para a vitória, mas um problema no escapamento de sua Ferrari fez seu rendimento cair muito, Massa se aproveitou disso para assumir a ponta e não largar mais até o fim da corrida. Depois de Ayrton Senna em 93, um brasileiro volta a liderar um campeonato mundial de Fórmula 1.

Jarno Trulli brilhou no circuito de Magny-Cours com uma excelente performance. Nas voltas finais Trulli e Kovalainen proporcionaram um pega sensacional, com um verdadeiro show do italiano que deu um "chega pra lá" no finlandês e segurou muito bem o impeto de uma McLaren bem mais veloz que a Toyota. Um pódio mais que marecido para Trulli que teve um final de semana espetacular na França.

Heikki Kovalainen fez uma ótima corrida depois de ter perdido cinco posições no grid devido uma punição. O piloto da McLaren fez uma prova de recuperação andando forte o tempo todo, coseguindo merecidamente este quarto lugar. Uma grande surpresa para um piloto que vinha com resultados péssimos abordo de uma McLaren.

Sofrendo com o fraco desempenho de sua BMW, Robert Kubica fez o que pôde e conseguiu apenas a quinta posição. O Polonês Voador perdeu a liderança do campeonato, mas está em segundo e se mantem na briga. O australiano Mark Webber, da RBR, correu bem, chegou em sexto e mais uma vez pontuou.

A grande surpresa ficou por conta do brasileiro Nelsinho Piquet que conquistou seus primeiros pontos na Fórmula 1. Pilotando em um circuito que conhece bem, Nelsinho teve uma boa performance, segurou a McLaren de Lewis Hamilton que atacava de forma agressiva e após um erro de Alonso, pulou para o sétimo lugar de onde não saiu mais até o final. Este resultado foi muito bom para Piquet que prolonga sua permanencia na Renault.

Com uma estratégia que não era a das melhores o espanhol Fernando Alonso chegou apenas na oitava posição. No final da corrida Alonso ainda cometeu um erro bobo que custou a sétima colocação roubada por seu companheiro de equipe.

Rubens Barrichello teve um final de semana muito ruim devido ao horrível desempenho da Honda no circuito francês. Rubinho fez o que estava dentro do seu alcance e chegou apenas em décimo quarto lugar.

Após receber várias críticas por ter errado na Malásia, Felipe Massa deu a volta por cima e chega na próxima corrida, em Silverstone, como o grande líder da temporada e tenho certeza que fará de tudo para manter esta liderança. O sonho do título de um piloto brasileiro depois de 16 anos vai ficando cada vez mais próximo, mas ainda tem muito chão pelo frente.

Corrida


Abraços!

Leandro Montianele

15 comentários:

Net Esportes disse...

Caro Leandro, entendo essa emoção que você descreveu e aproveito para confessar que tal emoção pra mim não chega nem perto da época do Ayrton Senna (até Barrichello me deixava mais apreensivo em uma corrida), eu me emocionaei mais com o reencontro do Dedé com o Didi !!!!!!!!!!! de qualquer forma o Massa tem talento e condição de fazer o Brasil campeão novamente, mas tema da vitória, berros do Galvão e tudo mais estão longes de serem emocionantes pra mim.

Blog F1 Trulli disse...

hauahau o coment aí em cima foi bom, concordo em parte...
pq essa foi uma das vitórias + sem graças que tiveram d Massa msm (quase q a equipe nem se mexia pra ir comemorar a vitória)

+ Trulli... sem comentário, foi muito bom voltar ao estilo 2005 da Toyota... alem d andar no limite, um ótimo pega c/ Kova (claro q Trulli respondeu a altura)
ah e Piquet... erramos na aposta d ambandono dele auhuahauhau
fez a melhor corrida dele no ano, porem deu motivos para boas risadas com aquele erro dele na saida dos boxe (me acabei d ri) uhahauhauh
abração

Até +

Rodrigo Morano disse...

Para quem teve o prazer de acompanhar as vitórias do senna, as vitórias do massa não devem ser de emocionar mesmo. Mesmo assim desde a terceira etapa ele vem dando show e baile em todo mundo.
Ahh leandro, o que eu sequei o raikkonen hj não foi brincadeira viu ... e no final deu certo.
Abraços.

Loucos por F-1 disse...

Caros amigos, a emoção de uma vitória de Ayrton Senna em hipotese nenhuma se compara com uma vitória de quem for. Senna é e sempre será o número 1 do Brasil e do Mundo.
Pela primeira vez depois de tanto tempo um brasileiro lidera o campeonato e tem chances reais de título, pra mim isso é algo sensacional. Os berros de Galvão não são emocionates pra ninguem, mas o tema da vitória até hj me arrepia. Bem que eu queria assistir as corridas no mudo para não ouvir o Galvão, mas gosto do ronco dos motores. Também me emocionei no encontro do Dedé com o Didi. rssrs

Abraços!

Leandro Montianele

Leandrus disse...

"eu me emocionaei mais com o reencontro do Dedé com o Didi"
Perdi essa! Tenho que procurar no youtube depois!

Deixando a infância para lá, realmente o Massa tá precisando vencer de forma emocionante, aquela vitória que ele não vença de ponta a ponta, faça ultrapassagens épicas, se mantenha na pista mesmo com problemas, coisa do tipo. Aí ele vai conquistar o respeito de muita gente, com certeza.

E infelizmente, hoje não deu pro Kubica, mas paciência, ainda é líder, rs

Ateh!

Marcos Antônio Filho disse...

assim como todo mundo,eu me emocionei mais com o reencontro do Dedé com o Didi!rsrsrs Já que a Williams não correu nada...

E o Massa se manter esse ritmo será campeão,agora vamos se ele consegue manter ritmo...

abraços1

Marcelonso disse...

Grande Leandro,

Foi uma vitória com uma bela dose de sorte,mas faz parte,quando Massa assumiu a ponta não cometeu erros e liquidou a fatura.
Nunca vamos comparar Massa a Senna,agora é muito bom ter um brazuca liderando o mundial,pois Barrichello em seis anos de Ferrari nunca conseguiu.
E Nelsinho?Putz queimamos a lingua hein?Fez sim um boa corrida,mas não fez nada mais que sua obrigação.
Alonso,esse sim estava num dia de Nelsinho,largou mau,estratégia equivocada,erros tolos...

grande abraço

F-1 A.L.C. disse...

poh!! reencontro de dede e didi e a gente asistindo corrida!!

essa tal de lideranca ja parece presidente Boliviano. cada semana tem algum novo cara la , fazendo festa.

tomara e Silverstone tenha mais briga

Daniel Leite disse...

Pela primeira vez, um piloto tem chances reais de conquistar o título da F-1, isso é fato. Mas concordo com a postagem: ainda há muito chão pela frente. Sem dúvida, o campeonato está muito embolado.

Até mais!

AFlavis disse...

Valeu.É bom estar no topo do mundial de fórmula 1 novamente. Espero que conserve. =)


Beijos

M3 (Mauro M. Mansilla) disse...

Felicitaciones querida torcida, después de 15 años vuelven a tener un lider en la F1, es grandioso y sanamente envidiable como argentino. Esta pudo haber sido la victoria que haya puesto la bizagra en el campeonato a favor de Massa y Ferrari. El tiempo lo dirá, saludos desde www.mundoefeuno.blogspot.com, Mauro Mansilla, Rosario - Argentina

GiglioF1 disse...

Leandro,

Boa descriptiva...estamos todos contentes com o resultado e o gostinho de poder ter mais um título brasuka este ano...Tá pintando uma festa em Interlagos!!!!

Abraco!!

Marcos - Blog da GGOO disse...

Bom, independente de ter mais emoção ou não em relação ao Senna, acho que a comparação é sempre complicada.
O fato é que estou feliz por um brasileiro liderar o mundial, tendo mais ou menos talento, carisma, emoção, etc....não importa, importa é que o FELIPE MASSA DO BRASIL está lá, pondo nossa bandeira no lugar mais alto!!!!
E sinceramente, espero que novamente o título seja decidido na minha frente em Interlagos esse ano, como foi ano passado.
Ingressos já comprados e ansiosamente no aguardo, assim como toda nossa galera da GGOO!!

grande abraço a todos!!

Daniel Médici disse...

Fazendo coro a alguns comentários, também não achei o GP assim, tão emocionante. O resultado foi incrível para quem sempre se pergunta se a Fórmula 1 ainda vai estar passando na tv brasileira nos próximos 15 anos...

Mas, seja em Rouen, Reims ou estacionamento da Eurodisney, espero ansiosamente o GP da Frana do ano que vem.

Felipe Maciel disse...

Era o tipo de vitória que estava faltando ao Massa, uma vitória com sorte de campeão, lembrando aquelas do Schumacher pra cima do Hakkinen ou até mesmo o Alonso sobre o Schumacher no Japão, enfim, todo grande piloto vence com pura sorte um dia, e o Massa conseguiu sua primeira assim.