segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Comentários GP da Bélgica


Caros leitores, em primeiro lugar quero pedir desculpas porque tanto eu quanto o Deyvison não conseguimos fazer as análises do GP da Bélgica. Estávamos viajando e infelizmente não foi possível seguirmos a rotina de análises pós corrida. Mas vamos ao que interessa, os acontecimentos em Spa-Francorchamps.

Sem dúvidas nenhuma foi uma das corridas mais emocionantes e surpreendentes da temporada. Aconteceu de tudo no circuito de Spa, pegas alucinantes, ultrapassagens arrojadas, barbeiragens, chuva e muito mais. Não tem jeito, GP da Bélgica é sinônimo de emoção.

Destaque total para os pilotos Lewis Hamilton e Kimi Raikkonen que com chuva duelaram de forma excepcional pelo primeiro lugar da corrida. Foi a melhor corrida do finlandês na temporada, mostrando toda sua categoria quando pilota na pista de Spa-Francorchamps. Diante de todo esforço de Raikkonen, foi um castigo sua corrida ter terminado no muro.

Hamilton mais uma vez mostrou para os espectadores todo seu talento ao guiar sua McLaren de baixo de chuva, o inglês sabe andar como poucos em pista molhada. Lewis foi agressivo no momento certo, partiu para cima de Kimi e ganhou a posição no braço. Venceu a corrida de forma incontestável, mas não levou.

O inglês não levou a vitória devido uma punição de 25s que sofreu por uma suposta não devolução da liderança, em iguais condições, a Kimi Raikkonen após passar em cima da chicane e sair na frente do finlandês. Com isso, Hamilton caiu para o terceiro lugar na classificação geral da corrida. Punição injusta para o piloto da McLaren que a meu ver devolveu a posição de forma correta, já que a distância antes do acontecido praticamente não existia. Nesses casos é mais do que normal o piloto se posicionar atrás para novamente tentar a ultrapassagem. O ex-piloto da Ferrari e tricampeão mundial Niki Lauda criticou a decisão da punição com a seguinte afirmação: “Foi o pior julgamento da história da Fórmula 1. A mais pervertida sentença que eu vi”. Certas decisões de cunho polêmico não podem sair das pistas, isso acaba tirando a essência da categoria.

Diante de tudo o que aconteceu o maior beneficiado foi Felipe Massa que fez uma corrida extremamente burocrática e sem brilho. Com os 10 pontos conquistados, Massa diminui a diferença em relação a Hamilton, vai para Monza com a chance de chegar à liderança e com a equipe trabalhando exclusivamente para que ele conquiste o campeonato.

Faltando apenas cinco etapas para o término do campeonato, a briga entre Massa e Hamilton esquenta ainda mais. A chance de termos um brasileiro decidindo o título no Brasil vem se tornando maior diante do cenário atual do campeonato. Já no próximo final de semana teremos o GP da Itália, fortes emoções estão por vir no circuito de Monza.

Abraços!

Leandro Montianele

7 comentários:

blogguardrail disse...

Realmente foi uma grande maldade o Kimi ter abandonado a prova.Merecia ganhar...

Marcelonso disse...

njbgvxhMeus amigos,


Foi uma corrida muito boa,muita disputa,ultrapassagens,e com um final épico.

Kimi,foi religado e barbarizou,pilotou muito ,até chover,depois disso quem detonou foi Hamilton,que aliás foi punido injustamente.

É desagradável ,ver uma corrida ter seu resultado alterado após a bandeirada.

Parece coisa do tempo do Balestre.

abraço

Leandrus disse...

Eu achei a corrida muito boa até certo ponto. Depois da primeira parada de pit stops, ela ficou bem normal, e a emoção só voltou com a ameaça de chuva.

Eu odeio intervenções pós-corrida. Mas ao meu ver, Hamilton não devolveu a posição da maneira correta, pois mal a devolveu e já pegou o vácuo e ultrapassou Raikkonen. Uso o que Reginaldo Leme disse durante a corrida: uma meia devolução. Mas tudo bem, isso é questão de interpretação mesmo.

Ateh!

Raúl y Pablo disse...

creo q fue la carrera del año y de los ultimos dos tambien

Net Esportes disse...

A frase do Lauda foi pro meu blog também porque achei um grande absurdo, hoje (9 de Setembro) vi uma declaração da McLaren dizendo que na hora que Hamilton fez a manobra ele falaram com a direção de prova perguntando se estava tudo certo ou teria que devolver novamente ou de outra forma e falaram que estava tudo correto e sem problemas. triste.

Daniel Leite disse...

Creio que todas as interpretaçõesw já foram apresentadas, discutidas. Então, há que dar atenção à corrida do Raikkonen! Impressionante a forma como ele venceu o domínio da McLaren, na marra. Teve o velho azar dos tempos em que era subordinado de Dennis, mas fez uma prova espetacular. Campeonato entre Lewis e Felipe, agora.

Até mais!

Ruy Machado Junior disse...

O Kimi agiu como principiante ao tentar retomar a liderança da prova. Foi um pecado não ganhar, realmente foi a melhor prova do piloto da ferrari. Ao contrário, mesmo sem brilho, seu companheiro de equipe Felipe Massa, soube manter a calma no momento certo e levar o carro até a bandeirada. A questão da punição, acho que a direção da prova foi correta, pois hamilton não estaria tão bem posicionado para um ataque caso se mantivesse atras do kimi.
Bela Matéria, Parabéns!!!
Temos que atualizar a pontuação do campeonato, Abraços!!