sábado, 29 de março de 2008

Piloto japonês tem lugar na F1 ?

Essa história começou em 1987 com a estréia do primeiro japonês na F1, Satoru Nakajima, correndo pela Lotus. Desde então vários outros surgiram com a tentativa de obter sucesso, mas não tiveram êxito.


Com um arrojo demasiado, alguns deles são marcados por suas rodadas espetaculares como o lendário Ukyo Katayama (ou Katagrama) e o atual piloto da Super Aguri, Takuma Sato. O mais novo aventureiro asiático, Kazuki Nakajima, já aprontou as suas na Austrália ao tirar Kubica da corrida.


Diante desse retrospecto creio que o negócio deles é desenvolver tecnologia para os carros de Fórmula 1 e não pilotarem como andam tentando fazer. Mas pensando também pelo o outro lado, o que seria dos acidentes sem eles ?


Abraços!

Leandro Montianele

5 comentários:

kimi_cris disse...

Acho que Nakajima tem lugar na F1, ele tem mostrado ser um bom piloto.

Abraço!

Kimi_Cris

Leandrus disse...

O Nakajima tem tudo para ser o melhor piloto japonês na F-1; só acho que ele entrou muito cedo na categoria. Sempre o achei muito rápido na GP2, mas fazendo muitas lambanças que prejudicaram um pouco sua temporada. Creio que ele ainda vai causar uns acidentes como o que teve com o Kubica antes de mostrar todo seu potencial...teremos fortes emoções, rs

Ateh!

Felipe Maciel disse...

Japonês não tem talento nem pra guiar um F-1 nem pra comandar uma equipe na categoria.

Sobre o Nakajima, vamos esperar pra ver até onde ele vai, ainda é cedo, prefiro não especular...

Blog F1 Grand Prix disse...

Eu até tento torcer pelos pilotos japoneses, mas às vezes não dá, né? O Sato até pareceu que poderia vingar, mas aquela temporada dele em 2005 foi desastrosa...

Agora vamos ver se o Kazuki consegue incomodar o Rosberg...

Grande abraço,

Gustavo Coelho

OCTETO RACING TEAM disse...

O Sato anda bem comportadinho e o Nakajima até que está se saindo bem ...

Beijinhosss


Tati