segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Resultados do Bolão


Faltando apenas uma corrida para o fim da temporada a vantagem do líder aumentou. Felipe manteve a boa média de pontos e confirmou a liderança após o GP do Brasil. Será muito difícil para Bruno Santos, o segundo colocado, tirar uma diferença de 32 pontos. Esta pintando um novo campeão.

A disputa pelo terceiro lugar continua muito boa e dessa vez quem assumiu a posição foi o Deyvison, que inclusive acabou sendo um dos que obtiveram a maior pontuação da etapa. Daniel Leite e Net Esportes, que já tiveram o prazer de liderar o Bolão, também foram destaque ao atingir os mesmos 28 pontos do Deyvison. Tivemos aí um inédito triplice empate nesta prova.

Este que vos escreve caiu para a quarta posição, mas se mantém na briga pelo terceiro lugar da classificação final. O atual campeão Marcelonso continua num desempenho bem abaixo do esperado. Ocupa atualmente apenas a décima segunda posição.

Daqui a duas semana no GP dos Emirados Arabes teremos a confirmação do campeão deste ano. Dificilmente este título vai sair das mãos do Felipe.

Abraços!

Leandro Montianele

10 comentários:

Loucos por F-1 disse...

A situação ficou complicada para o Bruno. O Felipe está com o caneco em uma das mãos. Vai faltar apenas definir o terceiro colocado, espero que fique com um dos intergrantes do Sanatório....rsrsrs

Abraço!

Leandro Montianele

Anselmo Coyote disse...

LOGO APÓS A CORRIDA (1)

Enquanto o “sensacional”, “fantástico”, “insuperável”, “emocionante”, “apocalíptico”, “apoteótico” e outras cositas más (que também atende pelo nome de Rubens Barrichello) cumprimentava o Campeão Mundial de F1, Jenson Button, um garotinho não muito bem vestido, para dizer a verdade, até um tanto esfarrapado, com o bracinho estendido, dava pequenos e discretos puxões no macacão do Barrichello. Aliás, é até inexplicável aquela criança com a aquele aspecto ter entrado no autódromo - buraco na cerca é a aposta mais acertada para explicar aquilo.

Demorou um pouquinho para alguém perceber – afinal a criança era pequena -, mas um repórter viu a cena e tocou no ombro do piloto apontando-lhe o garoto que pedia-lhe a atenção.

Rubens olhou e viu o garoto. Inexplicavelmente perdeu a cor, ficando branco como cera. Riu amarelo, fingiu não ser com ele, antecipou a despedida do Button e muito rapidamente deixou o lugar.

O menino correu atrás gritando: – moço, moço… e, antes de ser contido pelos seguranças, conseguiu chegar no Rubinho que, depois de olhar para um lado e para o outro, disse entredentes:
- agora não, depois, vá embora, vá, rápido.
- o senhor disse “depois da corrida” e a corrida já acabou – protestou o menino.
- agora não, já falei – disse quase gritando o Rubinho, e entrou no box da Brawn, acenando e rindo amarelo.

A esta altura chegava o Button entre sorrisos, flashes, microfones e toda aquela parafernália. O menino, muito miudinho, aproveitou que as atenções se voltaram totalmente para o Campeão, e entrou atrás do Rubinho, que já estava tirando o capacete. Tão logo terminou, levantou a cabeça e quem estava na sua frente? o menino.

- Puta que pariu!!! sai daqui, já te falei, depois, depois, agora não – vociferou o piloto, olhando para os lados, visivelmente preocupado com as câmeras de segurança no interior da garagem, rindo amarelo e dando tchauzinho para uma delas.
- o menino olhou resoluto, dentro dos olhos do piloto, e nada disse – apenas estendeu o bracinho, com a mãozinha aberta.

Não teve jeito. Rubinho procurou bolso no macacão, não achou.

- vá embora, depois te encontro, não tenho agora, olha aqui, nem bolso tenho – disse mostrando o macacão “sem bolso”.

O menino sentou numa roda que estava ali perto de outras e disse
- vou esperar aqui mesmo; eu moro muito longe.

- Não senta aí, o pneu tá furado - advertiu Rubens. Vá embora.

- Eu sei - disse o garoto, resoluto, sem arredar pé e com a mesma dignidade nos olhos.

Rubens olhou o relógio, foi até a porta do box, olhou para fora, olhou para um lado e para o outro, voltou para a garagem. Sentou perto do menino e disse:

»Bielzinhuu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelonso disse...

Esse ano foi sabático,ano que vem voltarei a lutar pelo bicampeonato.

Por hora vamos urubuzar por um pneu furado no carro do Bruno(vai que cai uma chave da mala).

abraço

Deyvison disse...

Salve, amigos do Loucos.
Meu desempenho no Bolão está como o Button, um começo bom e uma segunda parte da temporada, ridícula. Ao menos está dando para salvar o 3º, por enquanto.
Vamos ver o que vai dar.
O campeão é o Felipe. Parabéns meu camarada!

Só não posso ficar em 2º, senão cantarão para mim: "Vice denovoooo" e de Vasco e Botafogo, eu tô longe. HAHAHAHAHAHAHAHAHA

felipe_rsl disse...

Como disse o eclestone, o campeonato soh acaba nos emirados arabes...
Fui melhor dos que esperava, qndo vi o grid no sabado pensei q minha aposto estava arruinada.
Corrida decepcionante, nao tanto qto o GP do Brasil do ano passado, mas decepcionante... as circunstancias atrapalharam totalmente o barrichello.
Um abraço

Anselmo Coyote disse...

Acertei as posições do Button e do Rubens. Eu sou o cara...rsrsrs (que custou sair da zona do rebaixamento. :|

Net Esportes disse...

má que palhaçada de história mirabolante essa do Coyote.... e ainda sem final ... !!!!! kkkkkkkkkk

Com relação ao bolão, mesmo que em um tríplice empate, eu pelo menos ganhei uma etapa !!!!!!! já tá bom !!!!!!!!!

Anselmo Coyote disse...

Net,

Mirabolante? Vc não viu nada ainda.

Sobre o bolão, eu tb fui ao ponto mais alto do pódio uma vez, com 26 pts.

Abs.

Bruno Santos disse...

Felipe só marcou a posição.
Quem sabe ele fica sem internet na última etapa e eu acerte metade das posições...hahahaha

Valeu pela torcida, Marcelonso.
O campeonato já foi bom por isso, deixei o campeão comendo poeira. Eu e mais uns 10. Aquele Abraço.