sábado, 28 de março de 2009

Dominio total da Brawn GP


E para quem achava que era tudo balela está aí a prova real, a Brawn GP mandou no treino que definiu o grid de largada para o Grande Prêmio da Austrália. Os pilotos Rubens Barrichello e Jenson Button dominaram o Q1, Q2 e Q3 sem muitos problemas. Um fato curioso, talvez pelo equilíbrio das equipes, foi a constante alternância de posições nas disputas, algo raro nos últimos anos.

Com uma ótima volta, Button cravou o melhor tempo e conquistou a pole position em Melbourne. Barrichello ficou logo atrás do seu companheiro de equipe, na segunda posição. Já no primeiro GP, a escuderia de Ross Brawn coloca seus carros nos dois primeiros lugares do grid. Para quem era tachada como falida, apresentar estes resultados é uma vitória e tanto. Creio que pode ter sido o prêmio pela competência de pessoas que trabalharam duro para colocar estes bólidos na pista.
Na segunda fila e com o terceiro tempo está o alemão Sebastian Vettel a bordo de sua RBR. Alguns já dizem que a Red Bull tem o melhor carro sem o difusor inovador, mas ainda acho cedo para afirmar qualquer coisa. No quarto lugar vem o sempre rápido Robert Kubica, da BMW Sauber. O polonês manteve a regularidade durante todo o treino e mereceu a posição.

Nico Rosberg, da Williams, que liderou todos os treinos livres ficou apenas com o quinto lugar do grid. Se esperava mais do alemão depois de seus tempos anteriores. Logo atrás vem o piloto da Toyota, Timo Glock. Era esperado também um pouco mais da equipe japonesa que andou de forma razoável.

Quem não conseguiu render mesmo foi a Ferrari. Felipe Massa conquistou a sétima posição e o carro por enquanto não tem sido nenhuma maravilha. No oitavo lugar está o italiano Jarno Trulli, da Toyota. Em nono vem a outra Ferrari, do finlandês Kimi Raikkonen. O piloto da casa, Mark Webber, fecha os dez primeiros do grid de largada.

A McLaren continua com problemas e vem sendo a grande decepção deste início. O atual campeão Lewis Hamilton teve problemas de câmbio e nem participou do Q2, ficando assim com o décimo quinto lugar. O brasileiro Nelsinho Piquet caiu já no Q1 e largará na décima sétima posição.

A corrida promete fortes emoções neste domingo e a expectativa está ainda maior depois dos treinos classificatórios. Será quem vem dobradinha da Brawn GP por aí?

Leandro Montianele

5 comentários:

Fábio Andrade disse...

Não dá pra dizer que foi uma surpresa, mas sim que foi surpreendente. Porque mesmo com o ótimo desempenho da BGP na pré-temporada, todo mundo estava meio cético. Afinal é o primeiro grande prêmio deles.

Uma onda mto doida. Expectativa alta para amanhã!

Bruno Santos disse...

Pra mim a grande surpresa foi a RBR, falta saber da confiabilidade do carro. Pensei que em todas as classificações, o leão-de-treino Webber levaria vantagem sobre o Vettel. Já errei na primeira corrida.
As expectativas são grande para a corrida amanhã.
Quando será que é liberado a relação do combustível que os 10 primeiros irão largar?

(bem que o Barrichello poderia ter acelerado mais, já errei uma no bolão...uahauahauaha)

Anselmo Coyote disse...

Leando e amigos,
Pra começar, eu olhei o relógio. Eram 2 e 40. Meu galo cantou pela última vez, olhei o relógio novamente e eram 8 e 15. Resumo da ópera: nem precisa dizer. Perdi o treino.
Vai ser sensacional ver a turma do condomínio fechado tentando sobreviver no cortiço, cercada de vizinhos indesejáveis por todos os lados e se acotovelando na fila para achar uma brecha no busão do Groo, para deixar a pobreza para trás.
Vamos ver, como diz o Chico Buarque, "se nasci pra enfrentar o mar ou faroleiro.".
Ainda bem que não apostei desta vez.
Abs.

kimi_cris disse...

A BrawnGP não deu hipoteses à concorrencia, mas amanha vai ter problemas no arranque já que os carros que vem atrás utilizam o KERS.

Grande Abraço!

Kimi_Cris

Rafael Zito disse...

Realmente a Formula 1 está diferente neste início de temporada.

Ver McLaren, Ferrari e Renault, dominantes nos últimos anos, andando atras de Brawn, RBR e Toyota eh mto estranho, mas, pelo menos nesta primeira etapa esta é a realidade.

Com relação a Brawn GP creio q todos os méritos devem ser dados ao competente Ross Brawn q novamente mostrou toda a sua capacidade. Um excelente profissional!

um abraço pra vc Leandro e vamos aguardar a corrida.