domingo, 19 de abril de 2009

Deu Vettel na China com chuva


O Grande Prêmio da China começou de uma forma que muitos não esperavam, com muito chuva. A largada teve que ser dada com a presença do safety car, sendo que o mesmo permaneceu por oito voltas, primando pela segurança. As condições da pista não eram nada boas e a visibilidade era péssima, com isso as dificuldades dos pilotos para guiar aumentaram bastante.

Mesmo debaixo de muito água, o piloto Sebastian Vettel mostrou mais uma vez todo seu talento e venceu pela segunda vez na Fórmula 1. Vettel marcou a pole no sábado e por estar mais leve era ameaçado pelos carros da Brawn, mas a chuva mudou o panorama da corrida. O alemão se impôs na pista, não deu chances aos adversários, e levou a RBR a sua primeira vitória na categoria. Uma grande pilotagem desse menino extramamente habilidoso também com pista molhada.

Completando a festa da RBR, Mark Webber conquistou um ótimo segundo lugar e consolidou a dobradinha da equipe. Webber realizou uma grande prova, virando sempre muito forte não teve dificuldades em superar os carros da Brawn GP. O australiano chegou a cometer um erro, mas se manteve regular durante a maior parte da corrida e mereceu este lugar no pódio. Que eu me lembre, esta deve ter sido uma de suas melhores corridas na categoria.

Após vencer as duas primeiras provas, Jenson Button não pôde superar os bólidos da Red Bull que voaram no circuito de Xangai. O inglês até que tentou, mas depois resolveu optar pela cautela e assegurou a terceira colocação. Mesmo assim, Button permanece líder do campeonato com seis pontos de vantagem para seu companheiro de equipe.

O brasileiro Rubens Barrichello não fez uma boa corrida e não passou de uma quarta posição. Rubinho tinha tudo para se sair bem, mas uma escapada logo no início lhe custou muito. O piloto da Brawn GP em momento algum conseguiu imprimir um ritimo forte e mais uma vez terminou atrás de Jenson Button. Dessa forma, Barrichello pode começar a perder espaço na equipe, é melhor ele abrir o olho.

De forma surpreendente o piloto Heikki Kovalainen, que não tinha completado nem uma volta na temporada, conquistou a quinta posição. A grande quantidade de combustível e regularidade na pista foram as grandes armas do finlandês da McLaren. Kovalainen teve a façanha de terminar na frente de seu companheiro.

O inglês Lewis Hamilton, atual campeão mundial, abusou nos erros. Hamilton poderia até brigar por um pódio, mas o excesso de ímpeto acabou atrapalhando o piloto da McLaren que rodou várias vezes. O campeão andou forte, só que não soube se controlar em momentos cruciais, chegando apenas em sexto ao final da corrida.

Saindo da décima nona colocação, ninguém esperava que Timo Glock chegaria nos pontos, mas o alemão conseguiu. Foi um sétimo lugar mais do que lucrativo para o alemão da equipe Toyota.

O piloto da STR, Sebastien Buemi, completou os oito primeiros pilotos do GP da China. Buemi foi uma das surpresas da corrida, andou bem numa pista muito molhada e chegou a estar em quinto lugar. Cometeu erros, rodou e mesmo assim conquistou este ponto precioso. Grande prova do novato suíço.

A decepção ficou por conta da equipe Ferrari novamente. Esta foi a terceira corrida da temporada e mais uma vez os italianos não marcaram ponto, igualando agora o ano de 1981 como o pior início. Felipe Massa fazia uma prova espetacular numa pista encharcada, onde ele tem muitas dificuldades em guiar. O brasileiro brigava por quem sabe um lugar no pódio quando seu bólido teve um problema elétrico, o deixando a pé. Kimi Raikkonen tomou ultrapassagem de todo mundo e acabou em décimo. Um começo horrível da escuderia vermelha.

Nelsinho apenas confirmou neste GP da China o péssimo piloto que é, conseguiu rodar, bater e terminar em último lugar duas voltas atrás do vencedor. Na boa, não dá mais para aturar, acho que já deu né. Meu amigo Anselmo que me desculpe, mas o garoto está pior que no ano passado. Antes de terminar a temporada ele vai cair, tenho certeza disso.

Eu gostaria de saber apenas uma coisa. Onde estava o serviço de meteorologia que não previu chuva nenhuma? Será que foram demitidos?

Leandro Montianele

10 comentários:

Net Esportes disse...

A red Bull já dava pinta que tinha um carro bom, pelo menos nos treinos, faltava um pouco mais nas corridas, e a chuva veio para ajudá-los.... mais uma grande e bonita vitória de Vettel ......

Paulo Maeda™ disse...

realmente a RBR se superou, não esperava uma vitoria dela. Não foi dia da Brawn, e Barrica não poderia ter errado no início, se bem q no final contou com o azar da chuva voltar. Amanhã na reunião da Ferrari vai sair fogo das palavras de Montezemolo e até q a corrida da Mclata não foi das piores. Qto a Naka, Piquet e Bourdais... byeeee!!! Pede pra sair!

Marcos Antônio Filho disse...

corridaça do Vettel, ele tem grandes chances de ser campeão e sem difusor mágico e Kers!

Willian Freitas disse...

Realmente Vettel andou muito!!

Ferrari decepciona mais uma vez, estou começando a acostumar.

Na balada que vai, Piquet não chega na fase europeia.

abraço

Felipe Maciel disse...

Cara, acho que vou desistir do Nelsinho. Antes eu até torcia pra ele, mas vou começar a fazer o oposto se continuar desse jeito. Vou esperar uma corrida mais normal no Bahrein, quando terá um equipamento mais semelhante ao do Alonso, até mesmo aquele difusorzinho lá. Se não mostrar nenhum ar de reação, é porque tá na hora do adeus.

O Briatore nem citou o Nelsinho no comunicado pós-GP. Aquelas balançadas de cabeça no pit wall quiseram dizer alguma coisa.

Marcelonso disse...

Leandro,

Domenicalli anda fazendo um bico no serviço de meteorologia,existia a chance de 30% de chuvar precisa falar mais?

Vettel além de talento tem sorte,a entrada daquele safety foi providencial,pois Button já sumia a quase vinte longos segundos,mas faz parte do jogo

Bruno Santos disse...

A RBR surge como grata surpresa na temporada. Bela prova da equipe. Barrichello deixou a desejar e o Massa mostrou que não é tão ruim na chuva, prova excelente até a Ferrari quebrar.

Sobre o Nelsinho, assim como no ano passado deve estar esperando a fase européia, como no ano passado. Se deixar, vai ser assim daqui uns dez anos. Sempre esperando mais na corrida seguinte e dando esse espetáculo de hoje. Lamentável.

Abraço.

Jessica Corais disse...

RBR sem Kers e sem o tal difusor ganhou uma corrida... o carro é muito bom e o Vettel é um grande piloto.


Beijos de Jessica Corais

Felipão disse...

Muito bem lembrado, Leandro. Não me lembro de outra performance tão excepcional do Webber. Pena, pra ele, ter sido ofuscado pela performance excelente do Vettel...

Anselmo Coyote disse...

Leandro,

O Nelsinho foi péssimo hoje.



Felipe Maciel,

Aquilo do Briatore é jogo de cena. Renault é time de várzea. Estão mais perdidos que cego em tiroteio.

Imagine! A estratégia que aplicam no Nelsinho e que nunca funcionou foi aplicada no Alonso (largar com gasolina até na tampa) e novamente deu errado.

Nenhum piloto de F1 quer ir para a Renault.

O Briatore sabe que não tem moral para demitir nem a cantineira, por falta de substituta.

Se o Nelsinho não corresponder ao equipamento eu também desisto.

Por enquanto isso não aconteceu e as críticas são coisas de viúvas do Senna!

Abs.