segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Destaques GP da Europa

Positivos

Rubens Barrichello - o brasileiro realizou uma grande corrida, imprimindo um ritmo forte o tempo tudo. Andou perto das McLarens até o momento das paradas e soube aproveitar a oportunidade para chegar a liderança da prova. Rubinho de quebra entrou para a história ao conquistar a centésima vitória brasileira na Fórmula 1.

Lewis Hamilton - sem dúvidas nenhuma o piloto inglês merecia vencer nas ruas de Valência, mas um erro bizarro da McLaren tirou o primeiro lugar de suas mãos. Hamilton conquistou a pole position no sábado e tinha o melhor carro do grid, só não contava com a bobeada da escuderia prata. De qualquer forma foi uma boa prova do atual campeão.

Kimi Raikkonen - a Ferrari não era cotada se quer para um pódio, mas o finlandês tratou de mudar a história com uma ótima corrida. Kimi largou muito bem, andou forte durante toda a prova e acabou sendo presenteado com um terceiro lugar no fim.


Negativos

McLaren - a equipe prateada poderia ter vencido sem mais problemas este GP da Europa, mas no segundo pit stop de Hamilton os pneus de seu carro não estavam prontos a tempo para a troca. O resultado disso foi a perda de alguns preciosos segundos, que lhe custaram a liderança da corrida.

Jenson Button - o inglês que lidera o campeonato vem fazendo corridas medíocres, muito longe daquele que conquistou várias vitórias consecutivas na temporada. Button não andou absolutamente nada nas ruas de Valência, chegando num mísero sétimo lugar. Se o piloto da Brawn GP continuar nessa batida, corre risco de perder um título praticamente ganho.

Mark Webber - o piloto da equipe Red Bull teve um péssimo final de semana. Webber largou em nono e chegou na mesma posição ao fim da prova, muito pouco para alguém que quer disputar um título mundial de Fórmula 1. Se o australiano quiser continuar na briga vai precisar se esforçar muito.

E para você, quem merece um destaque positivo ou negativo?

Leandro Montianele

9 comentários:

Anônimo disse...

Leandro,

concordo com seus destaques positivos e negativos. Somente nao concordo com o comentario que se nao fosse os segundos perdidos no 2a parada do Hamilton a vitoria estaria facil para o ingles.

Acho que mesmo com um pitstop perfeito o ritmo do Rubinho imprimiu nas cerca de 5 voltas entre a parada do Hamilton e a dele próprio fizeram a diferença. Tanto que quando o Rubinho retornou dos boxes na 2a parada logo de inicio a diferença chegou a quase 7 segundos.

Abraços,

Bianca Moura disse...

O melhor da vitória do Rubinho foi que pela primeira vez apostei nele, e acertei!

Agora, ele já pode se aposentar em paz!

O ponto negativo que faltou: Badoer.
Alias, nem Badoer. O ponto negativo vai pra Ferrari.
Mas, ainda em tempo, pode ser consertado. E a gente espera que seja.

Beijão

Net Esportes disse...

o Badoer merecia um ponto negativo também, acho até que ele devia ser substituído já na próxima corrida ..... !!!!

Ron Groo disse...

Eu achei que o Kubica também foi bem, afinal aquelas BMW são umas carroças e tanto...

kimi_cris disse...

Talvez um dos pontos mais negativos fosse o Badoer aquele carro que parecia andar numa demonstração de rua, já que andava a fazer peoes em todo o sitio.

Grande Abraço!

Kimi_Cris

Bruno Santos disse...

Essa trapalhada da McLaren é polêmica mesmo...não sei ao certo se entregou a vitória para Barrichello, mas seria mais um elemento de emoção para o fim da prova se a equipe trabalhasse direito.

Badoer como ponto negativo nem vale, né? hahaha
Estranho também foi o fraco desempenho da RBR. Equipe que dava as cartas até um tempo atrás.

Willian disse...

Gostei da análise, mas não concordo com o negativo para a McLaren.
Embora ela errado no pit do Hamilton, acredito que o Barrichello venceria de qualquer forma...
Vale lembrar que a parada deu 13.4s e o Hamilton voltou 6s atrás do Rubinho.

Anne F1 disse...

positivo: Ferrari, evoluindo aos poucos :D (sem contar com o Luca, claro..)
negativo: só aquele erro da McLaren no pitstop do Hamilton..

valeu :*

Felipão disse...

O Button ainda vai perder o campeonato por ficar dormindo...

concordo com os destaques, Leandro...