domingo, 26 de julho de 2009

Hamilton vence em Hungaroring

O Grande Prêmio da Hungria marcou o retorno de Lewis Hamilton ao lugar mais alto do pódio. Após uma bela largada, o atual campeão pulou para o terceiro lugar e se posicionou logo atrás de Webber. Hamilton, que estava mais rápido, pressionou o australiano e conseguiu o que parecia quase impossível em Hungaroring, ultrapassar. Com a parada de Alonso, o inglês passou para a primeira colocação, se mantendo ali até o fim da prova. Destaque para o rendimento da McLaren que sobrou na pista e voltou para o seu lugar que é de direito, o primeiro lugar.

Kimi Raikkonen foi o outro piloto que obteve ótimo rendimento na corrida. O finlandês largou muito bem, dando até um "chega pra lá" em Hamilton. Depois da primeira parada no boxe, conseguiu roubar a segunda colocação que pertencia a Webber. Daquele momento em diante foi só administrar a posição para subir no pódio pela segunda vez na temporada.

Considerado um dos favoritos para a prova, o piloto Mark Webber chegou apenas na terceira posição. O australiano da equipe Red Bull fez uma corrida discreta, mas o suficiente para diminuir a diferença de pontos em relação a Button no campeonato mundial. Webber tem ganhado espaço e já é realidade na briga pelo título.

Em alta na Fórmula 1, Nico Rosberg, da Williams, andou bem novamente e conquistou um grande quarto lugar. Mostrando a grande evolução da McLaren, o finlandês Heikki Kovalainen chegou em quinto.

Timo Glock, da Toyota, virou forte durante toda a corrida e acabou sendo presenteado com o sexta lugar. A grande decepção da corrida foi o piloto da Brawn GP, Jenson Button, que ficou apenas com a sétima posição. Button já vê sua liderança do campeonato sendo ameaçada pela concorrência. Jarno Trulli completou o pelotão dos oito primeiros do GP da Hungria.

O final de semana não foi bom para os brasileiros. Rubens Barrichello não fez uma boa corrida e ficou na décima colocação. Nelsinho Piquet, da Renault, não passou de um décimo segundo lugar e vive situação delicada na escuderia francesa.

Felipe Massa, que sofreu um grave acidente neste sábado, permanece internado no Hospital Militar de Budapeste. A situação de Felipe é grave, mas segundo o médico Dino Altmann o risco de morte não existe. Cabe a nós orarmos para que Massa saia logo dessa situação difícil.

A Fórmula 1 fará uma pausa e voltará somente no dia 23 de agosto, nas ruas de Valência com o Grande Prêmio da Europa.

Classificação final do GP da Hungria

1 - Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 70 voltas
2 - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - a 11s5
3 - Mark Webber (AUS/Red Bull) - a 16s8
4 - Nico Rosberg (ALE/Williams) - a 26s9
5 - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - a 34s3
6 - Timo Glock (ALE/Toyota) - a 35s2
7 - Jenson Button (ING/Brawn) - a 55s0
8 - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - a 68s1
9 - Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - a 68s7
10 - Rubens Barrichello (BRA/Brawn) - a 69s2
11 - Nick Heidfeld (ALE/BMW) - a 70s6
12 - Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - a 71s5
13 - Robert Kubica (POL/BMW) - a 74s0
14 - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) - a uma volta
15 - Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - a uma volta
16 - Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - a uma volta

Abandonaram:

Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)
Fernando Alonso (ESP/Renault)
Adrian Sutil (ALE/Force India)

Leandro Montianele

10 comentários:

Fábio Andrade disse...

Legal é a boca-miúda que a FIA fez em relação ao incidente do Raikkonen. Cadê a punição?

Marcelonso disse...

Salve Leandro,

O corridinha chata essa,a unica coisa bacana foi ver a McLaren voltando a vencer.
E para completar a palhaçada,agora a FIA quer excluir a Renault da proxima prova pelo episódio da roda,e punir o Raikkonen nada!

abraço

Ridson de Araújo disse...

http://historiasevelocidade.blogspot.com/2009/07/uma-vitoria-reveladora.html

novo post no Historias e Velocidade, comentando a corrida, que revela muito mais do que parece sobre as estruturas de poder na F1. E agora com notas da equipe do blog!
Abraços

Felipe Maciel disse...

Não acho que o kimi merecesse punição.
Alías, o incidente da RBR nos boxes também ficou pendente mas eles só levaram uma dura, nada de punição. Quanto à Renault, vai dar o que falar nestas próximas semanas...

F-1 A.L.C. disse...

a primeira curva de Hamilton foi muito boa, nem de kart eu faço uma dessas. o rubinho segurou e ganhou merecidamente uma boa poscição.

agora a punição pra renault é um absurdo. não faz sentido. e o kimi? coisa doida.

Ron Groo disse...

Nico foi constante, agradou muito e com um carro que nem é tudo isto. Aliás, infelizmente, minha Williams não esta nada bem...

Marcos Antônio Filho disse...

Tá feliz que a McLata venceu,né?rs

é a minha Williams tá quase lá e vamos passar a mclata nos construtores de novo!

Anônimo disse...

生活的趣味,在於享受生活的樂趣與學習~這些希望您會喜歡^^
法拍
白蟻
保健食品
隔熱紙
高雄一日遊
seo
網路行銷
MOTEL

Paulo Maeda™ disse...

legal ver a Mclata vencendo de novo, mas ontem convenhamos, foi a dobradinha do Kers né? O Canguru foi atrapalhado pela própria equipe... mas nao acho q ia conseguir ganhar. E a Brawn, parece q ela nao tem mais grana pra desenvolver o carro, então já viu neh. Eu tb acho q o Raikkonen num merece punição, o chega pra lá achei "aceitável". Agora a punição pra Renault... q coisa ridícula! Abs

Pinheirinho disse...

Campeão desencanta. Melhor de 2008, Hamilton enfim vence uma corrida na temporada.
9 meses passou Lewis Hamilton sem vencer um GP na Fórmula 1.
Pinheirinho é divulgador cultural é maranhense, a partir de Brasília - E-mail: pinheirinhoma@hotmail.com